Versículo da semana

Versículo da semana: Também conservei em Israel sete mil, todos os joelhos que não se dobraram a baal, e toda boca que não o beijou. 1Reis 19. 18.

Como começou o natal? Qual a origem da árvore de natal e do papai noel? Leia e reflita!

    Você já parou para se perguntar o porque, de certas coisas que faz?  
    A maioria das pessoas não! Elas simplesmente aderem a certas tradições, maneira de viver, faz suas escolhas, etc. Por que viu e vê seus pais fazendo, seus vizinhos fazendo, a mídia incentivando, enfim, todo mundo faz, então deve ser certo.

    Assim muitos cristãos acabam praticando atos e 'rituais' pagãos originários dos séculos passados!
    Por exemplo, não encontramos na bíblia nenhum referencial para que se comemore a nascimento de Jesus; no evangelho segundo Lucas capitulo 2 vemos uma situação na qual um anjo aparece a pastores que estavam no campo com as  ovelhas a noite e lhes disse que trazia boas novas de alegria para eles e todo o povo, e anunciou o nascimento do Redentor. Mas, não vemos Jesus nem seu discípulos comemorando o dia do aniversário de seu nascimento, o que nos é orientado é  a relembrar biblicamente a MORTE do nosso Salvador, e a biblicamente pregar esta MORTE e seu significado, a vitoriosa RESSURREIÇÃO do nosso Salvador, Sua próxima VINDA gloriosa, sua mensagem de SALVAÇÃO para os que crêem verdadeiramente.

    Então onde e quando foi criado o natal, a árvore de natal e o papai noel?
    Já se fez esta pergunta? Vamos lá!

    

    Autoridades históricas demonstram que durante os primeiros 3 séculos da nossa era, os cristãos não celebraram o Natal. Esta festa só começou a ser introduzida após o início da formação daquele sistema que hoje é conhecido como Igreja Romana, isto é, no século 4.  Mas, somente no século 5 foi oficialmente ordenado que o Natal fosse observado para sempre, como festa cristã, no mesmo dia da secular festividade romana em honra ao nascimento do deus Sol (entre 22 e 25 de Dezembro), já que não se conhecia a data exata do nascimento de Cristo.  E como se deu isso? No Século 4, o imperador Constantino, para agradar aos cristãos que eram em grande número em Roma, decidiu oficializar o cristianismo como religião oficial de Roma. Por causa disto ouve uma "conversão" em massa (uma coisa é decretar que agora Roma era cristã outra coisa era o povo se converter ao cristianismo de verdade), mas mesmo assim como já se era antes, o paganismo continuou muito forte em Roma e é ai que entra a associação da festa ao deus sol com o nascimento de Jesus. 

Jesus, o verdadeiro Messias, não nasceu em 25 de dezembro.  "... havia naquela mesma comarca pastores que estavam no campo, e guardavam, durante as vigílias da noite, o seu rebanho."  Lc. 2. 8. Isto jamais pôde acontecer na Judéia durante o mês de dezembro: os pastores tiravam seus rebanhos dos campos em meados de outubro e [ainda mais à noite] os abrigavam para protegê-los do inverno que se aproximava, tempo frio e de muitas chuvas. A Bíblia mesmo prova, em Cant. 2. 1 e Esd. 10. 9-13, que o inverno era época de chuvas, o que tornava impossível a permanência dos pastores com seus rebanhos durante as frígidas noites, no campo.


   

     O Natal que nós conhecemos deste mundo é uma das principais tradições do sistema corrupto chamado Babilônia, fundado por Nimrode, neto de Cam, filho de Noé. O nome Nimrode se deriva da palavra "marad", que significa "rebelar".
     Nimrode era tão pervertido que, segundo escritos, casou-se com sua própria mãe, cujo nome era Semiramis. Depois de prematuramente morto, sua mãe-esposa propagou a perversa doutrina da reencarnação de Nimrode em seu filho Tamuz. Ela declarou que, em cada aniversário de seu natal (nascimento), Nimrode desejaria presentes em uma árvore. A data de seu nascimento era 25 de dezembro. Aqui está a verdadeira origem da árvore de Natal. Entre os egípcios, o cedro se associava a Osíris. Os gregos ligavam o loureiro a Apolo, o abeto a Átis, a azinheira a Zeus. Os germânicos colocavam presente para as crianças sob o carvalho sagrado de Odin.
    Nas vésperas do solstício de inverno, os povos pagãos da região dos países bálticos (região nordeste da Europa) cortavam pinheiros, levavam para seus lares e os enfeitavam de forma muito semelhante ao que faz nas atuais árvores de Natal. Essa tradição de enfeitar  passou aos povos Germânicos e depois ao restante do mundo como se vê hoje. 
 

    E o bom velhinho, saiu de onde?  "Papai Noel" foi uma pessoa de carne e osso, mais precisamente São Nicolau Taumaturgo – um arcebispo turco. São Nicolau costumava ajudar pessoas pobres da cidade de Mira durante a época de Natal. Mais tarde, diversos “milagres” foram atribuídos a São Nicolau fazendo-o por se tornar santo. Sua imagem como símbolo natalino teve origem na Alemanha, e de lá se espalhou para mundo inteiro.  Enquanto “São Nicolau” era originalmente retratado com trajes de bispo, atualmente Papai Noel é geralmente retratado como um homem rechonchudo, alegre e de barba branca trajando um casaco vermelho com gola e punho de manga brancos, calças vermelhas de bainha branca, e cinto e botas de couro preto. Essa imagem se tornou popular nos Estados Unidos e Canadá no século XIX devido à influência da Coca-Cola, que na época lançou um comercial do bom velhinho com as vestes vermelhas. Essa imagem tem se mantido e reforçado por meio da mídia ou meios publicitários, como músicas, filmes e propagandas.




    Reflita.
    Esse natal que o mundo nos apresenta não tem ligação nenhuma com o natal (nascimento) de Jesus! 
    Tem certas associações que definitivamente não dá para se fazer! Não posso associar o nascimento de Jesus, nosso Salvador, com esses símbolos e "rituais" que eram praticados e usados  pelos pagãos dos séculos passados. de fato se queremos relembrar o nascimento de Cristo não precisamos destas coisas. 


   Para terminar faço uso de um dizer, diga-se de passagem de muita sabedoria: "O errado vai continuar sendo errado, mesmo todos estejam fazendo. E o certo vai continuar sendo certo, mesmo que ninguém esteja fazendo."

   

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...